6 canais de tráfego que valem a pena conhecer

Ilustração com computador, celular e tablet mostra ícones de canais de tráfego.

Por Ramon Freitas, head de marketing

 

Hoje, decidi compartilhar os 6 canais de tráfego mais importantes para o profissional do mercado imobiliário. Se você quiser começar a fazer história na internet, ative a sua marca no meio digital. As alternativas, aqui apresentadas, serão como direcionamentos eficientes aos seus esforços.

 

Antes de mostrar o primeiro canal, vou voltar um passo. Você sabe o que é tráfego? Basicamente, o termo refere-se a todo o alcance, visita e visualização que a sua empresa recebe por meio do site, das redes sociais e do blog. A métrica indica o acesso obtido pelo seu conteúdo. 

 

Em outras palavras, um canal de tráfego é um percurso que conecta o público ao material produzido. Sem essa conexão, os potenciais consumidores não embarcam no funil de vendas e, consequentemente, não compram. 

 

1. Search Engine Optimization (SEO)

 

O SEO, traduzido como otimização para motores de busca, é uma abordagem que utiliza métodos orgânicos com o objetivo da sua página aparecer nos resultados da pesquisa. Para explorar ao máximo o alcance espontâneo do seu conteúdo, dê uma boa atenção ao seu site. Otimize a página e siga as boas práticas em relação à estrutura técnica dele.

 

Aposte em palavras-chave que tenham a ver com o seu negócio (o Planejador de palavras-chave do Google pode auxiliar nisso) e publique conteúdo de forma que o leitor perceba como agradável e relevante.

 

2. Search Engine Marketing (SEM)

 

O SEM, traduzido como marketing para os mecanismos de busca, é uma abordagem que usa métodos pagos para aparecer nos resultados da pesquisa. Somente as boas práticas de SEO, com os métodos orgânicos, não são suficientes para fazer com que as suas plataformas sejam acessadas pelo público certo. 

 

É preciso impulsionar, ou seja, investir a fim de ampliar o alcance de anúncios e outros conteúdos de seu interesse. Invista em plataformas como o Google Ads para aumentar o seu alcance e impactar mais interessados em imóveis.

 

3. Redes sociais

 

Construa autoridade nas suas redes sociais. Seja ativo, oferecendo conteúdo que entregue algo de valor ao seu público. Exemplo: X fatores para se considerar antes de comprar um imóvel. Vale a pena estudar com atenção qual é a rede social preferida dos seus potenciais clientes, bem como o estilo de postagem que melhor dialoga com eles.

 

4. E-mail marketing

 

Os e-mails são lembretes constantes que, ao serem direcionados às pessoas certas, vão encaminhá-las ao funil de vendas, conduzindo-as em direção ao fechamento do negócio — a aquisição do imóvel. Entre os canais de tráfego, eles são muito importantes.

 

5. Eventos

 

Participe de eventos e palestras em sua região que tenham a ver com o mercado imobiliário. Assim, você constrói um networking bacana e divulga o seu negócio de maneira espontânea.

 

6. Blog

 

Produza conteúdos que dialoguem com o seu público, usando a linguagem adequada a ele. Após identificar que, por exemplo, a sua persona é um homem de 45 anos, pertencente a classe A, uma boa ideia seria explorar os benefícios de um imóvel de luxo.

 

Como dica final, indicamos que você poste regularmente. Construa sua autoridade na internet com conteúdos ricos, repletos de informações com potencial de enriquecer a experiência do seu usuário.

 

Ao explorar os 6 canais de tráfego indicados neste texto, tenho certeza que o número de pessoas interessadas nos seus imóveis vai aumentar consideravelmente. E, após ter mais leads, se quiser aplicar uma cadência de contatos testada e aprovada em mais de 130 imobiliárias, acesse este e-book.

 

E-book Cadência de contatos para atendimento ao lead.

 

Fale agora com um de nossos consultores e transforme

seu negócio em uma verdadeira máquina de vendas!